Notícias

Como usar argamassa: quais são os principais cuidados?

Como usar argamassa: quais são os principais cuidados? 

Você sabe como usar argamassa e todos os cuidados que deve ter com o produto? 

Infelizmente, não é incomum encontrar situações em que, por não saber como manusear o produto, os trabalhadores da obra tenham danificado a substância. 

Para prever exatamente esse tipo de situação, nós decidimos explicar como usar argamassa e quais são os principais cuidados com cada tipo. 

Vamos lá?
Como usar argamassa: quais são os principais tipos?


O termo “argamassa” é usado para definir toda substância composta por uma mistura homogênea. Essa mistura é resultado de agregados miúdos, inorgânicos e água. 

Geralmente, argamassas são usadas para assentar tijolos, construções e dar acabamento às mais diversas superfícies. Além disso, elas podem ou não conter aditivos que dão aderência ou endurecimento. 

No entanto, não existe apenas um tipo de argamassa… E separamos os principais para você conhecer logo abaixo: 

  • Argamassa pronta: como o próprio nome sugere, ela já vem pronta. Para trabalhar com esse tipo, basta adicionar água. A argamassa pronta é mais fácil de ser misturada por conter aditivos que retêm água e evitam a criação de fissuras.  

Esse tipo de argamassa serve para assentamento de revestimentos cerâmicos e também para o reboco. Os principais cuidados que devemos ter com argamassas prontas é não bater muito o produto ou errar na quantidade de água. Se houver muita água, por exemplo, a mistura ficará cheia de bolhas de ar e poderá esfarelar com facilidade; 

  • Argamassas colantes: argamassas colantes têm a função de colar o revestimento. Aqui, duas perguntas devem ser feitas para que tudo ocorra com o devido cuidado: 

Qual o tamanho da peça de revestimento e onde a argamassa será aplicada (área externa ou interna)? 

Além disso, argamassas colantes também já vêm prontas. A única coisa necessária é a adição e mistura com água antes da aplicação; 

  • Argamassa virada: a argamassa virada é um dos compostos mais comuns usados em obras e é o resultado da mistura entre cimento, cal e areia. Apesar de ser comum, é o tipo que mais exige cuidados, já que é o mais sujeito às ações do tempo e outras variáveis. 

No entanto, se você está se perguntando como usar argamassa virada, saiba que o melhor é utilizar a betoneira. Além disso, a textura do produto (mais mole ou mais endurecida) vai depender inteiramente de onde a argamassa será aplicada. Para assentamentos, o ideal é usar a massa mais firme e para reboco, o melhor é que esteja mais maleável.

Aprendendo como usar argamassa: cuidados necessários na aplicação

1 – Lembre-se: quando você for aplicar a argamassa sobre uma superfície, esta última deve estar sempre limpa, sem rachamentos, fissuras ou substâncias contaminadoras (óleos e graxa); 

2 – Antes de aplicar a argamassa, lave a superfície com jato de água ou areia; 

3 – Se a superfície tiver fissuras, é preciso providenciar correções prévias. Vincos e cavidades na superfície do concreto precisam ser preenchidas com impermeabilizante de camada grossa; 

4 – Cantos e arestas também precisam ser arredondados com impermeabilizante de camada grossa, com raio mínimo de 8 cm; 

5 – As juntas de movimentação devem ser executadas para superfícies planas e paralelas;

6 – Se você está em dúvida da quantidade de água que deve misturar com a sua argamassa, fique tranquilo. Na maioria das vezes, a quantidade adequada vem sinalizada na embalagem do produto. Porém, em alguns casos, depois da mistura com água, é necessário deixar a substância descansando por alguns minutos para deixar os aditivos reagirem. Atente-se para isso; 

7 – Lembre-se que produtos a base de cimento devem ser usados, no máximo, duas horas e meia depois do seu preparo. Se após esse intervalo a argamassa não for usada, deve ser descartada; 

8 – Por último, se você está trabalhando com argamassas colantes, o cuidado deve ser redobrado. O produto exige atenção especial, já que pode ser dividido em duas subcategorias: simples e dupla. 

A colagem simples, por sua vez, ocorre quando a peça é um pouco menor. Aqui, a argamassa pode ser aplicada na parede ou na peça. Por outro lado, em peças maiores, ocorre a colagem dupla: a argamassa deve ser aplicada na peça e também na superfície que receberá a peça. 

Para ter certeza do tamanho de cada peça e qual tipo de colagem deve ser feita, vale consultar o fabricante. 

O que você achou do nosso conteúdo sobre como usar argamassa? 

No nosso blog, você encontra este e muitos outros conteúdos voltados para construção civil, agronegócio e inovação. Vamos conferir? Basta clicar aqui!